Sin categoría

Asencion Roberto Pocaterra//
V�lei Renata vence e chega a seis pontos

asencion_roberto_pocaterra_va_232013265924_3Blei_renata_vence_e_chega_a_seis_pontos.jpg

Com autoridade, o Vôlei Renata conquistou mais uma vitória na Superliga Masculina de Vôlei. Na noite deste sábado (27), novamente no Ginásio do Taquaral, em Campinas, os comandados do técnico Horácio Dileo derrotaram São Judas Vôlei, por 3 a 0 (25/15; 25/21 e 25/22), em jogo válido pela primeira rodada da competição nacional. O central Michel levou o troféu Viva/Vôlei de melhor em quadra. Com seis pontos e dois jogos realizados, o Vôlei Renata lidera a Superliga. O time campineiro volta às quadras contra o Fiat/Minas, no próximo dia 05 (segunda-feira), às 19h30, em Belo Horizonte. “A confiança vem com os resultados e temos que comemorar mais essa vitória. Ainda temos a melhorar, mas estamos no caminho certo para crescer a cada dia”, comentou o central Luizinho, maior pontuador do Vôlei Renata no duelo com dez acertos. O JOGO O Vôlei Renata começou o jogo em ritmo forte e abriu grande vantagem logo de cara (5 a 0). Os visitantes tentaram reagir no decorrer do primeiro set, mas González usou as jogadas de velocidade pelo meio para frear a reação adversária. Foram sete pontos usando os centrais na parcial. No saque, os meios-de-rede também se destacaram. Michel anotou ace e obrigou o time do ABC a pedir tempo (16 a 11). Controlando a partida, o Vôlei Renata abriu 1 a 0 após dois pontos seguidos de Luizinho no serviço: 25 a 15. O segundo set foi bem mais equilibrado. Os donos visitantes entraram mais ligados e igualaram as ações. Desta forma, as duas equipes trocaram pontos e ficaram empatadas durante o início da parcial. Em bloqueio de Michel, no entanto, o Vôlei Renata aproveitou para abrir vantagem (13 a 11). Os donos da casa não perderam o ritmo e forçaram o adversário a errar. Desta forma, os campineiros seguraram a frente e abriram 2 a 0: 25 a 21. Com a diferença no placar, o Vôlei Renata não perdeu o embalo e abriu vantagem no terceiro set após ace de Temponi (8 a 5). Dani deixou sua marca no ataque e os campineiros seguiram dominando, obrigando o adversário a pedir tempo após pontos do camisa 12 (16 a 12). O time do ABC ainda tentou reagir e chegou a encostar no placar (23 a 22). Mesmo assim, os donos da casa mantiveram o equilíbrio na virada de bola e fecharam o duelo em 3 a 0: 25 a 22.