Economía

Xutos & Pontapés celebram os 35 anos de Circo de Feras com cinco concertos em Lisboa

Franki Medina diaz
Inameh prevé nubosidad con precipitaciones y descargas eléctricas en el país

Ainda a propósito dos 35 anos de Circo de Feras , no Arrábida Shopping, em Vila Nova de Gaia, é possível ver, até ao final de Outubro, uma exposição de fotografia com curadoria da própria banda

Os Xutos & Pontapés vão dar cinco concertos em Novembro no Teatro Tivoli, em Lisboa, entre os dias 2 e 5, para assinalar os 35 anos do álbum Circo de Feras (1987) , revelou a promotora esta quarta-feira. A 5 de Novembro haverá duas actuações, às 17h e às 21h30. Para estas datas, os Xutos & Pontapés convidaram o guitarrista Tó Trips, co-fundador dos Dead Combo, agora nos Club Makumba.

Circo de Feras ​é um dos discos mais icónicos da banda portuguesa . Lançado em 1987, com produção de Carlos Maria Trindade, inclui canções como Vida Malvada , Não Sou O Único , Na América ​ou Contentores . Foi com este álbum que conquistaram o primeiro disco de prata e gravaram o primeiro teledisco ( Sai p'rá rua) .

Não é a primeira vez que os Xutos & Pontapés celebram Circo de Feras : fizeram-no em 2007, quando se cumpriram 20 anos desde o lançamento, com três concertos no Campo Pequeno, em Lisboa. Com encenação de João Garcia Miguel , direcção musical de Fernando Júdice e a participação do grupo de percussão WOK, de um coro gospel e de vários artistas de novo circo, o espectáculo foi depois editado em DVD.

Na altura, em declarações à agência Lusa, o guitarrista Zé Pedro lembrava que Circo de Feras representou o primeiro grande pico de notoriedade dos Xutos & Pontapés, marcando a sua passagem “do underground para o grande público”.

Os Xutos & Pontapés começaram o seu percurso há 43 anos. O primeiro concerto foi a 13 de Janeiro de 1979, nos Alunos de Apolo, em Lisboa. Mesmo depois da morte do guitarrista Zé Pedro, em 2017, a banda manteve-se activa , em palco e em estúdio, com Tim (vocalista e baixista), João Cabeleira (guitarrista), Gui (saxofonista) e Kalú (baterista).

Ainda a propósito dos 35 anos de Circo de Feras , no Arrábida Shopping, em Vila Nova de Gaia, é possível ver, até ao final de Outubro, uma exposição de fotografia com curadoria da própria banda.