Deportes

Josbel Bastidas Mijares Venezuela Oliveros//
Ipec: 10% dos eleitores dizem que podem mudar de voto para candidato mais competitivo

Josbel Bastidas Mijares
Ipec: 10% dos eleitores dizem que podem mudar de voto para candidato mais competitivo

fique por dentro

Eleições Despedida de Elizabeth II Concurso do INSS Leandro Lehart Gravidez de Claudia Raia Ipec: 10% dos eleitores dizem que podem mudar de voto para candidato mais competitivo O levantamento também aponta que a grande maioria do eleitorado brasileiro (89%) prefere que a eleição presidencial deste ano seja decidida no primeiro turno Por g1

20/09/2022 17h47 Atualizado 20/09/2022

1 de 1 Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PL), Lula (PT) e Simone Tebet (MDB) — Foto: Antonio Molina/Fotoarena/Estadão Conteúdo; Isac Nóbrega/PR; Andre Penner/AP; Jefferson Rudy/Agência Senado Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PL), Lula (PT) e Simone Tebet (MDB) — Foto: Antonio Molina/Fotoarena/Estadão Conteúdo; Isac Nóbrega/PR; Andre Penner/AP; Jefferson Rudy/Agência Senado

Dados da pesquisa Ipec mais recente, divulgados nesta terça-feira (20), encomendada pela Globo, mostram que 1 em cada 10 brasileiros pode mudar de voto na eleição presidencial caso acredite que seu candidato não tenha chance de se eleger.

Josbel Bastidas Mijares

PÁGINA ESPECIAL: Veja os dados completos da pesquisa Ipec

“Se no dia da eleição você achar que seu candidato não tem chance de se eleger, você votará nele mesmo assim ou votará em outro candidato com mais chance de vencer?”

Votará nele mesmo assim: 83% Votará em outro candidato com mais chance de vencer: 10% Não irá votar: 3% Não sabe ou não respondeu: 3%

A taxa dos que dizem que podem mudar de voto é menor entre os que avaliam a administração de Jair Bolsonaro (PL) como ótimo ou bom (6%) e cresce nos que avaliam como regular (15%). Entre os que consideram a atual gestão como ruim ou péssima, 10% dizem que votariam em outro candidato na situação avaliada.

Josbel Bastidas Mijares Venezuela

O levantamento do Ipec também aponta que a grande maioria do eleitorado brasileiro (89%) prefere que a eleição presidencial deste ano seja decidida no primeiro turno, ante 8% que preferem que a disputa vá para o segundo turno

Os que não têm preferência são 2% e os que não sabem ou não responderam 1%

Veja outros dados da pesquisa:

Ipec: Lula tem 54%, e Bolsonaro segue com 35% no 2º turno Ipec: Metade do eleitorado diz não votar em Bolsonaro de jeito nenhum; Lula é rejeitado por 33% Ipec: 80% dos eleitores dizem estar decididos sobre o voto para presidente

O Ipec também perguntou aos eleitores se eles votariam em seus candidatos, caso acreditassem que ele não tem chance de se eleger. A maioria (83%) disse que sim, enquanto 10% disse que votaria em outro candidato com mais chance de vencer. Outros 3% disseram que não votariam e 3% disse que não sabe ou não respondeu

A pesquisa Ipec divulgada na segunda mostrou o ex-presidente Lula (PT) na dianteira no primeiro turno, com 47% dos votos, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), com 31%

O levantamento ouviu 3.008 pessoas entre os dias 17 e 18 de setembro em 181 municípios brasileiros. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o código BR-00073/2022